Ex prefeito de Itirapina foi detido por equívoco e já está solto


Aldo Demarchi e o ex-prefeito Dr. Omar (direita).
Tempo estimado de leitura: 1 minuto.

O ex-prefeito de Itirapina, conhecido como Dr. Omar, foi detido no início da tarde desta quarta-feira (29).

Segundo informações do Jornal Primeira Página, o ex-prefeito foi condenado em segunda instância, ou seja, pelo Tribunal de Justiça, por ter contratado empresa para prestação de serviços a Prefeitura de Itirapina sem a realização de licitação e ainda oferecido compensações fiscais. O Ministério Público e o Poder Judiciário entenderam que ocorreu dolo e improbidade administrativa. O mandado de prisão foi expedido Justiça em Itirapina.

ATUALIZADO ÀS 18:53 DE 29 DE MAIO DE 2019

O mandado de prisão foi expedido pela Justiça e ex-prefeito Omar, de fato, foi detido, entretanto, após a articulação dos advogados, conforme afirma o Jornal Cidade, Omar foi liberado. Segundo o advogado Arlindo Basílio, houve um equívoco. Segundo ele, o mandado só poderá ser expelido após esgotados todos os recursos ordinários do processo.

A notícia veio com muita surpresa aos munícipes por ser uma pessoa bastante conhecida e querida na cidade, não apenas como ex-prefeito.