Conta de luz pode subir por conta do aumento de até 50% das bandeiras tarifárias


Tempo estimado de leitura: 1 minuto.

Preparem o bolso, dependendo da estiagem deste ano, as contas de energia elétrica podem subir até 50%.

A bandeira tarifária é uma sobretaxa aplicada à conta de energia elétrica devido à falta de chuvas. Quanto mais chuvas, maior é a capacidade das hidrelétricas de produzirem energia elétrica e abastecer os lares no Brasil. Mas quanto maior o consumo, maior a demanda, e quando há pouca água nas represas, mais caras os contas devem ficar.

Segundo uma resolução da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica), publicada nesta terça-feira (21), os valores das bandeiras foram atualizadas. Desta forma, quando se está em bandeira amarela, o valor será de R$1,50 a cada 100 Kwh consumidas, ante R$1,00. O que dá um aumento de 50%. Para a bandeira vermelha, o valor subiu de R$3,00 para R$4,00, aumento de 33,3%.

As mudanças devem entrar em vigor a partir do dia 1º de junho e a Aneel explicou que o aumento é devido à uma atualização da metodologia dos cálculos do “risco hidrológico”. Ela explica que o consumidor passará a pagar parte dos custos quando a energia estiver mais cara pela falta de chuvas.

Vale lembrar que neste mês, maio, já entramos em bandeira amarela.

[Informações de O Globo]