Uma ponta de esperança para o transporte ferroviário


Ainda é muito cedo para comemorar alguma coisa por aqui, mas o governo de São Paulo quer estender os trens da CPTM do centro da cidade de São Paulo até a cidade de Campinas, por ao menos alguns horários do dia.

Segundo o secretaria de transportes metropolitanos, “Para isso, será necessário recuperar e eletrificar parte da rede ferroviária local, utilizada hoje somente para transporte de cargas poucas vezes ao dia. Inicialmente a ideia é disponibilizar trens da CPTM entre Campinas e o centro de São Paulo em alguns horários ao longo do dia”. No entanto, isso não quer dizer nada com relação ao interior do Estado.

A linha entre as cidades ainda não possui uma data para começar a funcionar e os vagões são da empresa Rumo, que possui interesse no projeto de Trens Inter Cidades (TIC).

A questão levantada, no entanto, diz respeito à necessidade de se transportar passageiros entre Campinas e a capital, o que quer dizer que, ao menos, pensam no transporte ferroviário como uma opção para isto, mesmo que haja a necessidade de investimentos e adaptações.

Muito longe disso significar algo de verdade para quem reside distante da capital, ou mesmo de Campinas, uma ponta de esperança se acende com o governo ao menos imaginar que o transporte ferroviário pode ser uma opção entre cidades grandes. Considerando este cenário, temos várias cidades grandes no interior de São Paulo que poderiam entrar, algum dia, nos planos do Estado para viagens mais longas como alternativa para o transporte público.

Ainda existe uma esperança.

[Fonte: Jornal do Brasil, A Cidade ON / Imagem: Metrô CPTM]