Itirapina se tornou um município de interesse turístico. O que isso quer dizer?


Através do comunicado feito pelo deputado Aldo Demarchi para a Mari Leila, Itirapina foi aprovado, em assembleia, como um “Município de Interesse Turístico”. Mas o que isso quer dizer?

O município que se tornar um MIT (Município de Interesse Turístico) começa a receber recursos do Fundo de Melhoria dos Municípios Turísticos do Estado de São Paulo.

A lei complementar estadual nº 1.261, de 29 de abril de 2015, criou esta nova classificação de município turístico. O Estado de São Paulo possui 70 Estâncias turísticas e, com esta lei, dará um impulso para outras 140 cidades se tornarem também um polo turístico, através da liberação de recursos voltados à isto.

Para que seja considerado de interesse turístico, a cidade deve ter atrativos turísticos, serviço médico emergencial, de hospedagem, de alimentação, informações turísticas e abastecimento de água potável e esgoto. De forma simples, a cidade precisa ter o potencial turístico e uma infraestrutura básica para receber os turistas.

É preciso ter:

No Estado de São Paulo, o turismo já equivale a mais de 10% da arrecadação estadual. O Estado recebe mais de 50 milhões de turistas por ano e mais de 3 milhões de famílias já vivem da renda do setor de turismo. Em todo o Estado, são mais de 40 milhões de pessoas que viajam dentro do território. Deste número, a grande maioria é composta pelos próprios paulistas, que se locomovem por conta de trabalho, lazer, estudo, entre tantos outros motivos. A previsão é que o MIT incorpore, no total, 140 cidades paulistas.

Quando anunciado oficialmente, o município passará a contar com até R$ 550 mil em recursos para financiar projetos de infraestrutura para fomentar e ampliar o interesse turístico da cidade. Logo, estes recursos deverão ser utilizados para melhor receber os turistas. O dinheiro será destinado ao desenvolvimento do turismo através de programas de melhoria e preservação ambiental, urbanização, serviços e equipamentos turísticos.

De tal modo, Itirapina poderá investir este dinheiro para embelezar a cidade, melhorar os meios de comunicação e informações tusrísticos, além da infraestrutura para recebê-los, como serviços emergenciais.

Atualmente, já há pelo menos 81 municípios com a classificação de interesse turístico.

[Fontes: saopaulo.sp.gov.br/ABET/Exame]