Honda iniciará as operações em Itirapina com o Fit já em janeiro


Issao Mizoguchi, presidente da Honda América do Sul, confirmou que a fábrica de Itirapina terá as operações iniciadas em janeiro, com o modelo Fit.

Fechada por 2 anos após sua conclusão em 2016, à espera da recuperação do mercado brasileiro de automóveis, houve a ideia de transferir a produção de Sumaré para a unidade de Itirapina, como já dissemos também aqui. “A transferência será gradativa e o processo todo levará dois anos. Vamos começar em Itirapina com apenas um produto, o Fit, e em um único turno”, comentou Mizoguchi durante a apresentação dos novos produtos da marca no Salão do Automóvel de São Paulo.

“Nós encerraremos este ano com 134,1 mil veículos comercializados (volume envolve também carros importados), o que representará alta de 2% sobre 2017. Para o próximo ano a previsão é de um crescimento nessa mesma faixa, o que significa que por enquanto não precisamos ampliar capacidade”, destacou Mizoguchi.

Ainda segundo o executivo, a marca opera em segmentos que não foram muito afetados pela crise do mercado brasileiro, que teve seu auge entre 2014 e 2016, razão de suas vendas terem ficado praticamente estáveis no período. “Itirapina tem espaço para ampliações e também podemos volta a utilizar Sorocaba caso o mercado reaja com mais força no futuro. Por enquanto não temos planos nesse sentido”.

O Honda Fit 2019, que passa a ser produzido em Itirapina, é um dos modelos da marca que estão em exposição no Salão do Automóvel e que chega ao mercado com mais equipamentos em todas as versões e com uma opção de cor inédita na Honda, o Vermelho Vênus Metálico.

[Fonte: AutoIndustria/Foto: Honda]